Pular para o conteúdo principal

Nem médico cubano nem Pai de Santo

Pobre só se ferra nessa merda!
E se ferra mais se for pobre que mora em Oriximinã ou em qualquer cidade do beiradão amazônico.
Viver uma vida de caça e pesca como viviam os ancestrais indígenas fica cada vez mais difícil para o caboco já acostumado ao modo de vida do cara pálida.
A grande maioria, inclusive eu, nasceu com parteira dentro de casa, não foi de cócoras feito os índios, mas não foi em hospital como é a exigência por lei do homem branco.
Se fosse nos dias de hoje com a regra imposta pelo Conselho Federal de Medicina, eu, essa pessoa que vos escreve, maravilhosa a dar com pau, cheirosa e gostosa no balde, nem estaria aqui enchendo o saco das pessoas.
Disque não pode mais nascer de parteira.
Espia isso!
O Conselho Federal de Medicina aprovou uma tal de lei chamada Ato Médico que proíbe a prática da medicina tradicional, proíbe que profissionais que estudaram e pesquisaram durante anos outras formas de conhecimento da medicina ocidental e oriental e setentrional, respeitadas no mundo todo, tais como a acupuntura, a fisioterapia,as parteiras do interior, entre outros.
Assim, de uma hora para outra, tipo eliminação de concorrente.
Tudo por grana.
E para piorar, o CFM está incentivando a classe médica a ser contra a contratação de médicos espanhóis, portugueses e cubanos pelo governo federal para irem trabalhar em Oriximinã porque os médicos brasileiros não querem trabalhar nos beiradões amazônicos.
Ou seja, o caboco pobre do interior amazônico está ferrado com esse povo feio que se auto intitula médico..
A prática da medicina deixou de ser um sacerdócio faz tempo, a grande maioria dos médicos como em outras profissões querem é o lucro, o ganho.
E apesar do salário de 12 mil para ir trabalhar no interior, nenhum quer ir porque no beiradão não tem shopping.
E agora?
Se não tem médico nem pai de santo e parteira não pode.
Pobre só se fode nessa porra.
Ou manda tomar no meio do cu esses médicos canalhas desse Conselho Federal de Medicina.
Né não?

Comentários

Camila disse…
_l_
Matheus disse…
Pelo jeito você não deve ter lido o ato médico ou não sabe interpretar, se essa é a dificuldade, leia a respeito neste site http://lolhehehe.com/133021/morreu-sabendo-o-ato-medico.html. Até crianças de 5 anos conseguem compreender!
Quanto às suas críticas infundadas da classe médicas, é lamentável ter pessoas sem conteúdo para falar sobre o assunto, vir expor uma opinião ridícula como essa que li!
A respeito do salário de 12mil reais que médico nenhum aceita, tente saber o porque primeiro! Você não deve saber que em locais como este há falta de luvas, macas, medicamentos e até linhas e agulhas para sutura! Imagine então um aparelho de radiografia! Médico nenhum quer se arriscar num local desse para depois ser alvo de processos pois não diagnosticou uma doença porque não tinha como realizar uma mísera radiografia. E são pessoas ignorantes como você que não querem saber de nada e já querem meter a porrada no médico por ter sido o culpado de não ter diagnosticado a doença! Um exemplo que te dou, é de um engenheiro contratado para construir um prédio de 50 andares com lápis e régua, que não tem transferidor. Que as tubulações não podem ser Tigre, que a fiação elétrica não pode ser aterrada. Que faltou dinheiro para comprar a argamassa e que ele tem que se virar com o barro. E pergunta para ele se vai querer trabalhar assim!
Espero que agora tenha compreendido que a classe médica não é mercenária, apenas não é burra para se sujeitar a essas situações, como qualquer outro profissional não se sujeitaria!
Att
Felipe disse…
Oferecem 12 mil reais, porem SEM DIREITO A carteira assinada, sem direitos trabalhistas = sem 13º salario e sem direito a ferias...

Na maioria das vezes, esse salario de 12 mil é um contrato "de boca", ai o prefeito te paga 12 mil no primeiro mes, no segundo ele paga 6mil, no terceiro mes ele para de pagar, o médico vai embora por estar sem receber, e quem leva a culpa é o médico.

Quer trabalhar assim? fica a vontade, eu prefiro receber 7 mil reais numa cidade da região metropolitana do RJ com todos os direitos trabalhistas assegurados.

Além disso, tem as condições horrorosas de trabalho nesses lugares que faltam médico. Vá conhecer um posto de saúde no interior do AM para vc saber o que é a falta de estrutura e porque que ngm quer ir trabalhar lá.
Unknown disse…
Oligofrenico... o unico adjetivo que consigo lhe qualificar. Apos que se sentiu um revolucionario ao terminar de escrever esse texto. So gostaria que vc passasse 24h num hospital publico ou posto de saude do interior ou ate mesmo da capital. Voce sentiria vergonha de ter escrito esse monte de asneiras. Mas é mais facil permanecer no seu mundinho pequeno e sem estudo falando essas coisas do que se informar e estudar.

http://www.youtube.com/watch?v=-MK1q9fZjeI

Postagens mais visitadas deste blog

Pompoarismo não é bezerro

O pompoarismo é uma antiga técnica oriental, derivada do tantra, que consiste na contração e relaxamento dos músculos circunvaginais, buscando como resultado o prazer sexual. Para o domínio da técnica são realizados com o auxílio dos ben-wa, que consistem em pequenas bolas ligadas através de um cordão de nylon, conhecidas também como bolinhas tailandesas (no caso das mulheres), e na contração na musculatura no esfíncter e dos músculos do períneo (no caso dos homens). Afirma-se ainda que o pompoarismo pode ser benéfico contra incontinência urinária e na preparação do canal para partos mais fáceis.
Já o bezerro não é técnica nem filosofia. O bezerro que nós conhecemos bem, aqui no Amazonas, é algo espontâneo, natural, a caboca amazonense já nasce com ele. Vem de berço. Faz parte da tradição e do orgulho baré a mulher ter bezerro. Tanto que desde cedo tem disputa pra quem tem bezerro melhor, mais forte. Não é pra qualquer uma sugar, apertar, moer, triturar, prender e cuspir a hora que bem…

Deputada Mirian Rios quer proibir o sexo anal... dos outros.

Esse Roberto Carlos é muito fraquinho.
Ele foi casado com a ex atriz Miriam Rios durante anos, depois que se separaram ela virou evangélica, depois virou católica da igreja carismática e toda cheia de valores morais e éticos que todos sabem que atores da Rede Globo depois do teste do sofá não podem ter.
Fora isso ela foi ex esposa de um cirurgião plástico famoso e mãe de um filho do ator Andre Goncalves.
Isso só os conhecidos.
Ela passeou bastante por pau de homem famoso.
Da noite para o dia a mulher virou deputada pelo Rio de Janeiro contando com os votos desse povo devoto.
Espia isso.
Por falta do que fazer para agradar seus eleitores inventou um projeto que proíbe o sexo anal.
Inventou o Dia Mundial Contra o Sexo Anal.
Oia.
Anal dos outros, acho.
Esses caras da listinha ai de cima não estão com nada.
Ou podem ter afolotado a pobre.
Para ela ter esse horror todo ao sexo anal, capaz de ser trauma mesmo.
Ou foi muito ruim ou foi muito dolorido.
Mas essa louca não pode legislar sobre…

Manaus está na época da tanajura

A tanajura é uma formiga alada, do sexo feminino, da família das saúvas.
É uma fêmea virgem que após acasalar, funda um novo formigueiro.
Em tempos mais quentes, quando está preste a chover, sai de suas tocas para pegar uma brisa em árvores, já que, nessa época, o estresse e o calor aumentam, provocados por aquele entra-e-sai sem fim, um caos.
Nada a ver com TPM e nem com sexo.
Em Manaus a época de tanajuras é aguardada junto com o dia de finados.
Esse ano chegou atrasado.
Minha casa está cheia de tanajuras.
A bunda da tanajura é cheia de gordura, pegava um monte delas e assava em frigideira.
Uma delicia.
Comia bunda literalmente.
Agora não.
As coisas mudaram.
Ando meio saudosista.
Tanajuras espalhadas pelo pátio da minha casa me enchem de lembranças da infância.
Ainda bem que eu tive.
E acho que parei nela.
Felizmente!