Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

1º Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas

É definitivo. O 1º Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas será em São Paulo, capital, nos dias 21 (sábado) e 22 (domingo) de agosto no Sindicato dos Engenheiros, à rua Genebra, 25, ao lado da Câmara Municipal.
Na sexta à noite (20), Luis Nassif, seu bandolim e grupo fazem show de boas vindas no Sindicato dos Bancários. Será regado a chorinho, samba, MPB e cerveja caseira (haverá outras) feita especialmente por Hans Bintje (querido leitor) para celebrar esse encontro histórico. Nassif aguarda sugestões para o repertório.
Já estão inscritos 152 blogueiros de 15 unidades da Federação: Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

PASSAGEM AÉREA MAIS BARATA E HOSPEDAGEM SOLIDÁRIA

Um acordo fechado com a Gol barateará as passagens. Para saber quanto custará o bilhete, verifique a menor tarifa do seu trecho. Aplique 20% de desconto sobr…

O Serra e a grande imprensa estão na ultradireita

O que se chama grande imprensa brasileira, ou seja, Rede Globo da família Marinho, a Folha de São Paulo da família Frias, o Estadão e a revistinha Veja nunca esconderam o fato de serem porta voz da camada da sociedade que está no topo da pirâmide desde que o Brasil foi descoberto. Essa imprensa tem por fundamentalismo político a ideologia de mercado, a crença que os donos do capital internacional, das grandes fortunas do mundo, se não incomodados por barreiras e regras, por si só vão tocar os destinos da humanidade, ao sabor das delicias dos juros onde ele for maior. O Serra e os tucanos são herdeiros dessa ideologia chamada comumente de neoliberal, que prega a privatização de todo o aparelho do Estado, de preferência os que dão lucro, claro, e com dinheiro emprestado do BNDES para amigos do esquema comprarem as estatais a preço de banana. Ou seja, pegam dinheiro do povo pra comprar o que já é do povo a preço de banana, com o agravante que não pagam o empréstimo do BNDES, já que quand…

Ahhh...um tapinha não doi!!!

Meu cão, que se chamava Deprê, por ter vindo morar comigo depois de velho, até hoje não sabe direito onde fazer cocô. Como cachorro eu trato melhor que gente, ele circula pela casa solenemente como se fosse o dono. Dia desses sai e esqueci o safado trancado em casa. Quando voltei ele tinha dado uma cagadinha no meu banheiro. No chão claro, seria esperar muito de um beagles que fizesse no vaso e ainda puxasse a descarga. Se ao menos fosse um vira-latas. Pra ensinar cão a ser mais “civilizado” e fazer porcarias no lugar certo, o jeito é dar uma de disciplinador e ensiná-lo, repreendendo-o sendo mais duro com ele. Pode até uma palmadinha fake de leve com o chinelo, nada mais que isso. Com o ex Deprê isso não está funcionado, mas prefiro não radicalizar e limpar a bosta do canalha. Com criança é a mesma coisa, menino sem tapinhas e cascudo tem jeito não. Essa lei de não poder dar palmada em criança levada é feita por quem não usa tapa olho e não vai no supermercado, sempre lotado de cria…

O que fazer com galinha velha

Um chinês vai registrar um pedido para que o Livro dos Recordes Guinness reconheça que ele possui a galinha mais velha do planeta: 22 anos - o que equivale a 400 anos humanos!
Yang Shaofu, de 77 anos, disse que a galinha foi comprada, juntamente com outras quatro aves, por sua filha em 1988.
O chinês, morador do vilarejo de Sidazhuang, na província de Yunnan, afirmou que a galinha está bem de saúde, embora tenha menos apetite.
Veterinários locais disseram que uma galinha vive, normalmente, entre 7 e 8 anos, e que a maior marca pertencia a uma ave de 12 anos - quase a metade da idade do animal de Yang.
"Embora as pessoas me digam para matá-la e comê-la, não farei isso. Continuarei cuidando dela até que morra", disse o chinês, segundo o "Orange News".
Isso que é relação esquisita. Parece casamento. O cara nem mata e nem come a galinha velha. Um horror!

Cronica Bipolar, o livro.

Como os os amigos da onça insistiram para eu transformar em livro crônicas pinçadas do meu blog, decidi fazer. Não tenho pretensão de ser escritor, nem ilustrador, nem artista plástico nem muito menos artista, qualquer que seja o campo da arte, pois tenho convicção que para ser artista ou escritor, eu teria que dar ao menos uns três dedos de boga e não me sinto muito a vontade para fazê-lo, mesmo que em causa tão nobre. O livro contem além das minhas crônicas sem sentido, colagens feitas a partir de fotografias de Adalmir Chixaro e Jorge Laborda e ilustrações de peixes, feitas por José Myrria e Karl Mokros. Essa série de colagens chamo de “Peixe Fora D’agua”. A idéia é que o livro seja para ler e ver. Boa leitura e divirtam-se tanto quanto eu me diverti escrevendo.

As contradições das pesquisas criminosas

Faz muito tempo que a população não dá a mínima para pesquisa. São tantos casos de manipulação de dados com claro interesse na tentativa de ingerência nos resultados, que o eleitor está vacinado. O Vox Populi dessa semana dá 41% pra Dilma e 33% pro Serra, portanto 8% de diferença. É uma diferença grande, tratando-se de campanha majoritária. Hoje dá no Globo, na Folha de São Paulo e na indefectível revistinha Veja, com toda pompa e estardalhaço, a pesquisa do Datafolha apontando Serra na frente com 37% e Dilma com 36%. A insanidade desses aparelhos políticos em que se transformou a chamada grande mídia brasileira e seus institutos de pesquisa orientados e criminosos, é acreditar que alguém com um mínimo de leitura e informação, vá acreditar neles e em suas pesquisas encomendadas. A Fox americana é claramente aparelho do Partido Republicano. Uma empresa de comunicação pode sim declarar seu voto e trabalhar em favor do seu candidato, tanto lá quanto aqui a lei permite. A Rede Globo, A …

A imprensa baré não é baré

Sem querer sacanear a versão colonizada dos valorosos índios barés e seu líder Ajuricaba. Que cambada! Nem com nojo dá pra encarar a falta de coragem e de compreensão que jornalismo se faz com credibilidade. Mesmo que os patrões digam que cu não fede, cu fede! Os jornalistas do dinheirinho pouco, da merreca, do tutu, do guaraná, da breja, dos sem vergonha na cara que vendem sua pena e sua alma por porcaria, deveriam vender um pouco mais caro. Montei um blog chamado “Vem Que Tou Dentro”. A idéia é juntar todas as almas penadas dos jornalistas vendidos num poleiro só. Assim fica mais fácil para negociar. O Ajuricaba vai ser o gerente, procurem ele. Obrigado.

Manual para lidar com tatuagem indesejável

Uma amiga meio punk sempre curtiu tatuagens, mesmo antes de tatuagem virar moda entre patrícias e playboys. Ela sempre tatuou o corpo com nome dos namorados e mesmo depois de terminada a relação uma semana depois, ela faz questão de manter. A fidelidade dela aos homens da sua vida é canina e também as suas convicções. O corpo dela tem quarenta e sete nomes de homens, visto que ela é também uma hetero convicta, coisa fora de moda na pós-modernidade feminina. Os nomes vão de A à Z, passando por Alberto até Zoroastro. Seu corpo parece um jaraqui todo ticado, como diz o caboco, cheio de nomes espalhados pelo corpo todo. Ela diz que cada uma tatuagem tem sua história e tem carinho especial por cada uma dessas histórias, e portanto vão permanecer sendo um registro da vida dela, marcadas indelevelmente no seu corpo. Acho romântico para caralho isso. Que bom se mais pessoas fossem assim, não se arrependessem do que são e do que fazem. Em uma conversa recente, no indefectível Bar do Armando…

Desbatismo para almas descompensadas

Por ter rebatizado o Deprê, que passou a se chamar Bigú, me veio a cabeça a figura louca do Edwin Kagin, um líder ateísta que está desbatizando centenas de seguidores, usando no ritual um secador de cabelo. Com o aparelho, simbolicamente, ele retira a água lançada na cabeça das pessoas durante o batismo tradicional. A cerimônia é “desreligiosa”, e baseia-se na crença que os pais cometem um grande erro ao deixar as crianças serem batizadas, sem que ela tenham idade para saber o que está se passando. O líder ateísta, criado em família presbiteriana, chega a afirmar que alguns casos de educação religiosa deveriam ser punidos por “abuso infantil”. Ele diz está travando uma “guerra civil religiosa americana”. Kagin é formado em Direito e percorre os EUA defendendo suas idéias.
Agora, quem se diz ateu como eu, já pode usar esse recursos do “desbatismo”, usando o secador de cabelo, ou se calar para sempre e vivenciar os milagres que se sucedem pela vida a toda hora.

O Deprê saiu da deprê

O cão da raça Beagle que apareceu na minha vida durante a copa do mundo na África, trazido por almas boas que o acharam perambulando pelas ruas do conjunto Tiradentes, agora não está mais deprimido. Quando chegou à minha casa tava de dar dó. Não comia, não latia, rabo sempre baixo, um horror. Por não saber o nome chamei de Deprê, um lapso de mau gosto, típico da minha pessoa. Fui aos poucos ganhando a confiança, ele voltou a se alimentar normalmente e agora minha casa vive cheia de merda de cachorro comilão. Vive rodeando minha mesa de trabalho e querendo atenção. Corre pela casa, late para os cães da rua, o rabo está em pé como deve ser um rabo de Beagle. Ainda tem uma sarna crônica que estou batalhando pra curar, porem nem a minha eu curo, continuo um cão sarnento. Meu único problema com esse cãozinho que anda alegrando minha vida é o nome dele. Agora não cabe mais Deprê, ele está longe de ser depressivo nesse momento da vida. Problema é que de tanto chamar por nomes diferentes ele…

Banda KY

Quando vi a louca tirando da bolsa o KY me apavorei. Sempre achei, dentro do meu provincianismo, que essas pomadas serviam para lubrificar o bôga a fim de facilitar a penetração, nos casos de bôgas apertados. Mesmo estando os dois muito altos, no caminho para minha casa ela veio fazendo croquete e boquete a toda hora. Atravessamos toda a Marginal Pinheiro na pegação automotiva, ela dirigindo com uma mão e com a outra passando marcha. Então era mais que provável que ela tivesse dimensionado o calibre do meu pobre bingulim. Então para que o KY? Eu tinha marcado para a próxima semana consulta com urologista, adiada por cinqüenta longos anos, não permitiria de forma alguma que essa maluca inventasse de praticar inversão comigo. Não curto essas paradas. Só me tranqüilizei quando vi que ela passava a pomada na própria xota. Não resisti e perguntei pra que? se o meu pau nem é tão grande assim. Ela respondeu que tinha problemas de lubrificação e porque era higiênico usar esses lubrificantes, …

PEIXE FORA D'AGUA

Descobri que sou batizado

Tudo na vida é batizado. Nada é puro. Eu que amo as mesmas coisas durante anos a fio e que achava que tinha alguma procedência descubro: sou batizado. Todas as cidades são um esgoto só, dizem os punks. A cachaça é batizada, o pó é batizado, os cristãos legítimos são batizados, a minha boneca inflável á batizada. Enfim...hoje é quinta sem lei e vou catar limão pra fazer caipirinha batizada.

O “caosaéreo” está de volta

POR PAULO HENRIQUE AMORIM

O PiG (*) tentou furiosamente derrubar o presidente Lula em dois dramáticos episódios.

Um, quando os pilotos americanos do Legacy se esqueceram de ligar o transponder e derrubaram o avião da Gol.

O PiG (*) ficou ao lado dos (advogados brasileiros dos) americanos e disse que o avião da Gol caiu por causa do presidente Lula e do “caosaéreo”.

Depois, foi a tragédia da TAM em Congonhas.

O PiG, primeiro, disse que uma chuvinha, que produzisse uma poça da altura de uma moeda de um Real seria capaz de derrubar o Airbus, tal a inépcia do presidente Lula.

Depois, disse que o presidente Lula se esqueceu de pisar no freio do Airbus da TAM.

Sempre, a culpa era dele.

Esse lamentável episódio da TAM em Congonhas episódio teve a desastrosa conseqüência de provocar a substituição do grande brasileiro Waldir Pires pelo serrista Nelson Jobim, aquele que produziu uma babá eletrônica e derrubou o inclito delegado Paulo Lacerda da ABIN, para conter a fúria do Gilmar Dantas (**).

O jornal …

O Cala Boca Galvão não sobrevive até 2014

E não estou falando da ave rara brasileira que corre risco de extinçao. Estou falando do comentarista de futebol mais chato do planeta. Quem banca a farra da Rede Globo nas coberturas de futebol, com seus 101 comentaristas xaropes que falam inutilidades é o anunciante. Brahma, Itau, Adidas e por ai vai. Todos eles tem cota pra gastar com publicidade. Quando investem em futebol, tiram de algum outro lugar, eles não gastam mais que as cotas previstas. Se no futebol eles estão perdendo dinheiro ou o retorno não está sendo esperado, eles migram, saem desse nicho. O Galvão Bueno que sempre surfou de carona na grana de atletas, comendo porcentagens nos contratos e nas cotas de publicidade milionárias, e por isso grita tanto o nome do Ronaldo Fenomenoooooo de dois em dois minutos e odeia a palavra Romario, está com um indice de rejeição enorme. Virou gozação nacional, virou piada. E nenhum patrocinador vai querer ver seu produto virar piada. Por isso a Rede Globo, que joga aos porcos o que …

Privataria usa copa para afanar INFRAERO

Privatizar só o que dá lucro e deixar para o Estado o prejuízo é comer o filé e deixar as ossadas para o povo brasileiro. É só isso que o conceito neoliberal do Serra sabe fazer. Privatizar, diminuir o estado e deixar por conta dos Daniel Dantas da vida (Pai do Mensalão) as telefônicas que nos cobram a maior tarifa do mundo. Hoje quem tem celular é devoto de macumba, só recebe. A Rede Globo e a grande mídia estão ganhando participação para fazer a campanha “vamos tomar os aeroportos do Brasil antes que a Dilma assuma”. Eles tentaram fazer o mesmo com a Petrobrás e não deu certo. Até o Ricardo Teixeira da CBF, aquele que é dono do futebol brasileiro, está na campanha. Vem chumbo grosso por ai. Esse povo acostumado a mamar no patrimônio publico, comprando estatais com grana do BNDES sem pagar, está em campanha voraz, que nem tubarões, de olho na INFRAERO. O Arnaldo Jabour, a trombeta do apocalipse das madames dos Jardins Paulistas, dia sim dia não faz previsões catastróficas sobre nosso…

Dá vergonha ser humano

Ver o goleiro Bruno sendo conduzido por policiais, impávido, altivo, cabeça erguida, usando o uniforme laranja dos detentos do presídio de Contagem (MG), parecendo que vai entrar em campo pela seleção da Holanda, enche de tristeza e vergonha de pertencer a espécie humana. Notícias assim são paralisantes! O Brasil assiste incrédulo a um desses momentos em que a raça humana fica envergonhada da civilização. O espanto, no caso, transcende os limites da crônica policial. Por trás do motivo torpe da lambança, a mecânica macabra do sacrifício da vítima tem levado muita gente a um estado de catatonia reflexiva diante dos fatos: como pode um ser humano virar esse tipo de monstro de seriado B? A sensação é que a humanidade chegou no canil das almas, todos nós nos sentimos assim.
E a Ana Maria Braga diz no seu programa na Rede Globo que isso é coisa de pobre quando fica rico. O namorado larga ela pela décima vez, ela come a peruca e fica louca e sai falando merda. Enfim.
O que pode dar uma alivia…

Meninos que brincam com bonecas

Apesar de acreditar cegamente no que dizem as igrejas evangélicas apocalípticas dos santos dos últimos dias, nos cientistas ambientalistas fundamentalistas e sua teoria do caos e até no que diz meu intestino quando eu bebo leite, não acreditei quando o Correio veio entregar minha boneca inflável nova. Logo eu, uma pessoa crédula, que acredita em tudo, desde políticos em época eleitoral, em mulher e em Papai Noel, duvidei que fosse verdade. Enfim, minha boneca inflável ultimo tipo chegou. Embora empenada por conta do calor dentro da embalagem, culpa do aquecimento global.
Tudo na vida é substituível, é reciclável, e na pós modernidade, tudo o que demorar por mais de duas horas é velho, antiquado, ultrapassado. Na lógica da pós modernidade o intervalo de duração entre o que é novo, moderno, atual, e o que é antigo, velho, ultrapassado, é muito curto. Em um piscar de olhos você dorme Angelina Jolie e acorda Hebe Camargo. Tudo é ligeiro, apressado, instantâneo que nem leite e expresso que …

Gilmar Mendes acaba com Ficha Limpa

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que suspendeu os efeitos da Lei da Ficha Limpa para o senador Heráclito Fortes (DEM), parece ser questionável tanto do ponto de vista jurídico quanto do político. O perigo de o projeto Ficha Limpa transformar a republica brasileira em um cartório, onde o voto de um juiz substituísse os votos de milhares de cidadãos está se confirmando rapidamente. O Gilmar Mendes, aquele que trabalha de madrugada pra soltar o bandido Daniel Dantas, pai do Mensalão, já mostrou que canetada de ministro vale mais que uma lei votada com apoio popular. O Daniel Dantas foi trazido para o Brasil diretamente de Harvard pelo então presidente FHC, que o chamava de “brilhante”. Ele foi o cara encarregado das privatizações das teles no Brasil, foi quem se beneficiou com a privataria chamada de privatizações. Para continuar o esquema de se apossar do aparelho financeiro do estado brasileiro e contar com ajuda dos parlamentares para isso, foi or…

O Tucanic do Serra já está fazendo água

O maior indício do caos estabelecido na campanha tucana do Serra é ver na grande mídia os dois institutos de pesquisa dos aliados Globo e Folha de São Paulo, claramente serristas desde pequeninhos, batendo de frente e soltando pesquisas discordantes e brigando entre si. O Globope e o DataFolha, que claramente manipulam pesquisas em todas as eleições que fazem a favor das campanhas dos candidatos representantes das elites brasileira, agora chegaram ao fundo do poço do descrédito, sequer combinam o que vão publicar e brigam publicamente. Com isso assustam os ratos do navio chamado Tucanic, que já estão desembarcando com medo do naufrágio iminente.

A CBF devolve a seleção pra Globo

Somente um dia depois da demissão do Dunga, o Cala Boca Galvão fez uma edição especial do programa “Bem Amigos” com o Ricardo Teixeira, presidente da CBF, no estúdio da Globo no IBC de Joanesburgo e fala que o “Dunga era como o piloto de um avião sobrevoando o Atlântico.” Ele tinha que esperar o avião pousar para mexer no piloto. De quebra ainda explica porque não demitiu o Dunga no dia da briga com o Alex Escobar.
Isso quer dizer que a seleção volta para as mãos exclusivas do Cala Boca Galvão e da Rede Globo. Portanto aguarda-se a volta triunfal de mais um técnico esquema “família soprano” tipo Felipão, que trabalham para a Globo e para os anunciantes e dão uma banana para o torcedor, e pior, para o bom futebol. Vai continuar o futebol de resultados, defensivo, chato e voltado para ganhar nem que o jogo seja medonho, rezando para aparecer um Salvador tipo Romário para ganhar copas. A Era Dunga continua sem o Dunga. Vai dar saudade dele.

O Maradona sabe perder

E nada é mais elegante que isso. Entrou em campo e cumprimentou todos os jogadores após a derrota para uma Alemanha com cara de campeã. A Era Dunga é marcada pela mudança de filosofia no futebol brasileiro que depois da derrota de 82 com o timaço do Tele Santana, se deixou levar pela mentira que defender é o melhor e atacar só se der e o gol é mero detalhe. Isso tirou a característica do futebol brasileiro, que é a posse de bole, troca de passes e ataques sempre. O Felipe Melo no jogo contra a Holanda recebeu o encosto do Ganso por alguns breves segundos e meteu uma bola de 40 metros que acabou no gol do sumido Robinho, cansado de tanto fazer propaganda. Logo em seguida voltou a si e voltou a ser o que era, o Dunga do Dunga. Deu tanta botinada que acabou expulso. A Argentina perdeu elegantemente. O Brasil ao contrário, teve um ataque de nervos paralisante de miss contrariada. Um horror. A partir de hoje não falo mais de copa.

A Era Dunga ainda não acabou

A era da mediocridade ainda está longe do fim. Um país que tem uma Rede Globo de Televisão tentando eleger os seus candidatos numa clara posição política, não é o grande problema. A Fox americana é claramente direitista e posicionada nas trincheiras do pensamento do Partido Republicano, mas ela não invade os lares de 90% da população estadunidense como faz a Rede Globo aqui no Brasil. Essa relação de força criada pela ditadura militar que bolou a Venus Platinada aos moldes do Goebels, ministro do Povo e da Propaganda de Adolf Hitler, para pasteurizar corações e mentes, nesse esquema corrupto de concessão publica das empresas de comunicação, essa massificação que direciona os apetites e desejos, produzem essa mentalidade que acredita que o que importa é o resultado, se ganhar está bom, não importa que o jogo seja medonho. Cola o boga na parede e grita “eu não comi ninguém, mas também ninguém me comeu”. Isso é a teoria do anti jogo, da abdicação da força primordial que impulsiona um ser…